Esta terapêutica gera calor na pele, que atinge vários tipos de alvo: a melanina (sardas), os vasos sanguíneos (hemangiomas, microvarizes da face, colo, virilhas e membros inferiores), além de provocar um aumento na formação de colágeno (flacidez e rugas em baixo ventre e períneo) e realizar a epilação.

Sendo assim, o tratamento inicia-se de forma superficial, para combater as lesões superficiais, como as sardas e microvarizes.
Posteriormente, se aprofunda, para estimular a produção de um novo colágeno, proporcionando um melhor aspecto da pele. O tratamento varia de 2 a 8 sessões, com intervalo médio de 15 dias a um mês entre elas.

É praticamente indolor, com relato de leve desconforto pelo calor, e o paciente pode retornar às suasatividades logo após a sessão.